Quem Somos - Doutorgate

O DrGate é um site criado por profissionais de saúde, cujos participantes foram selecionados pelas suas caracterí­sticas peculiares, principalmente a seriedade, a dedicação e a competência com que realizam seu trabalho, além de enfoque humano na relação profissional-paciente no dia-a-dia de seus consultórios ou instituições.

Não há ligação ou ví­nculo com nenhuma empresa, instituição, hospital, universidade, laboratório, farmácia, veículo de comunicação, etc, que possa interferir em algum preceito ético ou moral sobre o conteúdo do DrGate, o que define nossa total imparcialidade.

História

O DrGate é uma realização do ideal de dois médicos, que juntos começaram rabiscar algumas idéias quanto à internet e à saúde.

A iniciativa de desenvolver o site deveu-se: (1) à constatação do pouco uso da internet na prática médica enquanto poderoso veí­culo educador e (2) da sua não rara utilização lesiva, prejudicando profissionais da área e a população em geral com informações não comprovadas cientificamente ou sensacionalistas.

Algumas parcerias foram firmadas para que o site fosse possível, entre elas a parceria técnica com a empresa KlBaseSoft, e para alimentar o projeto com conteúdo enriquecido reunimos um grupos de colegas e amigos, profissionais da área. Então dessa maneira formamos uma grande equipe de especialistas totalmente qualificados e capacitados, e que acima de tudo abraçam os mesmo ideias e compartilham do pensamento que o conteúdo deve ser distribuído livremente para toda a população.

No final do primeiro semestre do do ano 2013, entrou online a nova versão do site, que mais adiante começou a adquirir caracterí­sticas de portal. O incessante trabalho em busca dos nossos objetivos tem sido uma rotina, possibilitando o rápido crescimento que se observa no DrGate.

Obejtivos

O DrGate destina-se a prestar o máximo de informação científica e útil em saúde para a população, possibilitando um incremento cultural e pessoal rumo a uma melhor qualidade de vida. O incentivo ao contato direto da população com o especialista e do especialista com a população, desmancha barreiras e preconceitos que em muito atrapalham este relacionamento.

Entendemos que existindo uma maior “cultura médica” em cada um, melhor será o proveito que se pode obter das modalidades terapêuticas atuais. Se isto pode ser feito através do mundo “virtual” da internet, que seus resultados repercutam no mundo “real” de cada um que participa desta idéia.